Buenos Aires, Argentina – Recoleta – Dicas de viagem Parte 4/5

Mais da nossa viagem a Buenos Aires, essa postagem é toda sobre o bairro da Recoleta, onde ficamos hospedados e por onde caminhamos bastante.

Nossas dicas com nossas filmagens estão no vídeo:

Bairro da Recoleta

Como ficamos hospedados no bairro da Recoleta, caminhamos bastante em volta para explorar o bairro.

Apesar de parecer meio macabro visitar um cemitério, o Cemitério da Recoleta é muito famoso e é considerado um museu a céu aberto, pois os túmulos são bastante elaborados, vários deles contêm monumentos e alguns parecem capelas. Ele fica aberto das 7h às 17h45min, quando sinos são tocados informando do fechamento dos portões, e vale a visita. Lá fizemos uma visita guiada. É um tour gratuito, disponível de terça-feira a domingo, às 11h, em espanhol. Terça-feiras e quintas-feira há tour em inglês e às sextas-feiras em português. Como estávamos lá na quinta-feira, cogitamos fazer o tour em inglês, mas acabamos indo em espanhol mesmo, a guia tinha pronúncia clara e era fácil de entender. O tour começa bem na entrada do cemitério, o pessoal fica esperando pelo lado de dentro, e os guias anunciam seu início. Nossa guia contou várias histórias de famílias que ali foram sepultadas, além de particularidades sobre os túmulos e as obras de arte que os ornamentam. Depois do tour guiado, andamos mais um pouco, mas não vimos o cemitério todo, pois é muito grande. Ah, além de muitas personalidades famosas argentinas, ali foi sepultada Evita Peron, muito querida pelos argentinos, e o túmulo da sua família encontra-se com várias flores.

buenos aires-cemiterio-recoleta

Ao lado do Cemitério da Recoleta está a Igreja del Pilar, muito bonita por dentro! O guia do city tour informou que antigamente as famílias abastadas de Buenos Aires eram enterradas ali, mas quando começou a ficar pequena, começaram a fazer os grandes túmulos no cemitério ao lado. A entrada ali também é gratuita.

Nessa região há um grande parque, e não muito longe encontra-se o Museu Nacional de Belas Artes, e logo adiante o prédio da faculdade de Direito e a Floralis Generica.

O Museu Nacional de Belas Artes fica aberto de terça à sexta-feira, das 12h30 às 20h30 e sábado e domingo das 9h30 às 20h30. Fechado às segundas-feiras. O horário de visitação é até 19h, e a entrada é gratuita. O museu possui um acervo que inclui Rodin, Rembrandt, Manet, Van Gogh, Gauguin, Degas dentre tantos outros grandes artistas. Gostamos muito do museu. Vale lembrar que não se pode entrar com mochilas, mas há guarda-volumes gratuitos, e não se pode filmar, mas é permitido fotografar, desde que sem flash.

buenos aires-museu-belas-artes2

buenos aires-museu-belas-artes

buenos aires-museu-belas-artes3

buenos aires-museu-belas-artes5

buenos aires-museu-belas-artes4

Não entramos no prédio da faculdade de Direito, mas passamos na frente e o prédio é imponente. Ao lado fica a Praça das Nações Unidas, onde está localizada a Floralis Generica, também um símbolo de Buenos Aires. A flor foi projetada para abrir durante o dia e fechar durante a noite, porém desde 2010 o mecanismo não funciona mais, e ela fica permanentemente aberta.

Advogados

buenos aires-faculdade-direito

floralis-generica

Ainda no bairro da Recoleta, fica a Livraira El Ateneo Grand Splendid, considerada uma das livrarias mais bonitas do mundo, funciona onde antigamente era um teatro. É muito bonita, e para os amantes de livros, vale a visita. A estrutura do teatro está lá, com camarotes ao redor e um café onde outra vez foi palco de apresentações. Fica pertinho da esquina entre as avenidas Callao e Santa Fé.

buenos aires-livraria-el-ateneo2

buenos aires-livraria-el-ateneo

buenos aires-livraia-el-ateneo4

buenos aires-livraria-el-ateneo3

Na região em volta do Cemitério da Recoleta, há vários restaurantes que servem pratos típicos argentinos. Ali pertinho também tem casa de câmbio, supermercados (Disco e Carrefour) e o shopping Recoleta.


Mais da nossa viagem nos posts:

Parte 1/5 – clipe de highlights da viagem a Buenos Aires

Parte 2/5 – chegada e saída e hotel Etoile/Recoleta

Parte 3/5 – city tour, Centro e bairro La Boca/Caminito

Parte 5/5 – comida típica, show de tango, dicas extras


Anúncios

4 comentários sobre “Buenos Aires, Argentina – Recoleta – Dicas de viagem Parte 4/5

  1. Pingback: Dicas de viagem: Buenos Aires, Argentina – Parte 3/5 | Pitacos do Casal

  2. Pingback: Dicas de viagem: Buenos Aires, Argentina – Parte 2/5 | Pitacos do Casal

  3. Pingback: Buenos Aires – highlights – Parte 1/5 | Pitacos do Casal

  4. Pingback: Buenos Aires, Argentina – comida típica, show de tango, dicas extras – Dicas de viagem Parte 5/5 | Pitacos do Casal

Deixe seu comentário - se tiver dúvidas sobre esta postagem, por favor, não mande por e-mail, coloque aqui, pois sua dúvida pode ser a dúvida de outros:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s