7 Coisas para fazer antes de engravidar

Pensando em engravidar? Seguem alguns pitacos de providências importantes para tomar antes de engravidar, e de algumas atividades que vão ficar em stand by durante a gravidez:

gravidez

1 – Consulte um médico

É importante conferir se seu corpo está saudável e pronto para receber o serzinho que vai se desenvolver ali dentro. Uma avaliação física pode mostrar alguma doença escondida e te ajudar a se preparar para os nove meses de gestação.

2 – Tome vitaminas pré-natais

Para o bom desenvolvimento do bebê, a mãe deve apresentar uma boa saúde e ingerir quantidades adequadas de vitaminas e minerais, porém não é tão fácil ingerir todos os nutrientes por meio da alimentação, ainda que saudável. Assim, as gestantes são estimuladas a tomar suplementos, inclusive já antes da gravidez. As vitaminas pré-natais mais importantes são ácido fólico, ferro, cálcio e vitamina D. Elas auxiliam no desenvolvimento saudável do bebê e são indicadas três meses antes da gravidez. Aproveite a consulta com o médico e peça orientações sobre o que ingerir.

3 – Exercite-se e coma alimentos saudáveis

Claro que isso vale para todas as pessoas, mas pensando em gerar um novo serzinho, você vai querer e precisar estar com um corpo saudável.

Se você quiser perder peso, tente fazer antes de engravidar, depois os exercícios não poderão ser tão pesados… você vai cansar mais rapidamente e a dieta não pode ser muito restritiva.

4 – Aproveite para dormir

Também é um tópico para aproveitar durante a gestação, antes das muitas noites mal dormidas com um bebê chorando, porém durante a gravidez pode ser um pouco mais difícil curtir uma longa e gostosa noite de sono, procurando uma boa posição, virando de um lado para outro, com dor nas costas. Não é recomendável dormir de costas, mas também não dá para dormir de barriga para baixo… e vem a vontade de fazer xixi… deu para entender né? rsrs

5 – Coma queijos, carnes cruas/mal passadas, sushi…

Diversos alimentos são proibidos para gestantes, pois podem afetar no desenvolvimento do bebê. Aproveite antes de engravidar para comer queijos mofados, o seu bife mal passado, sushi… Eu senti muita falta de tudo isso, mas a gente sobrevive! Ah, alguns médicos liberam o sushi, aí vai de cada um comer ou não…

6 – Coma comidas apimentadas

Eu não tive nenhum problema com pimentas durante minha gestação, mas algumas mulheres apresentam modificações digestivas durante a gestação, que podem piorar com comidas apimentadas, como intestino preso, refluxo, azia…

7 – Tire férias

É claro que a vida não acaba depois que os filhos nascem, porém se você está planejando uma super viagem, é de se considerar realizá-la antes de engravidar. Se tiver muita caminhada envolvida, você vai cansar mais rápido quando estiver grávida, e depois com o bebê tudo demanda mais planejamento. Quando estávamos tentando engravidar, eu e o Marcos fomos para Buenos Aires, para aproveitar uma última viagem apenas de casal antes dos filhos. Curtimos bastante, caminhamos à beça, e logo em seguida descobrimos que eu estava grávida, foi ótimo!


Pitacos de mãe: como enrolar o bebê – baby wrap / charutinho

Enrolar o bebê em uma manta faz com que ele fique apertadinho e quentinho. O bebê se sente protegido, acalma-se e até dorme melhor.

No vídeo a seguir mostramos como enrolar o bebê como um charutinho em uma manta ou cueiro:

 

baby wrap

Pitaco de mãe – como amarrar wrap sling

O wrap sling é uma faixa de pano que você amarra em volta do corpo para carregar um bebê.

No sling o bebê fica bem juntinho de quem o está carregando e se sente aconchegado e protegido. Carregar o bebê no sling é uma ótima maneira de fazê-lo dormir, pois é uma posição que o deixa calmo.

Para quem está carregando o bebê, também é ótimo pois o peso do bebê fica distribuído entre ombros, costas e quadril, e os braços ficam livres.

No vídeo a seguir eu mostro como amarrar o sling no corpo e como posicionar o bebê:

wrap sling

Pitacos de pais: Visita à maternidade antes do parto

visita-maternidade

Nossa opinião sobre a importância de o casal grávido visitar a maternidade onde realizará o parto.

Enquanto estava grávida, li sobre a importância de se visitar a maternidade antes do parto, e quis conhecer as instalações da maternidade que escolhemos. Foi uma ótima experiência, nos tranquilizou bastante ver como eram os quartos e a sala de parto. Imaginávamos um local muito mais frio, mas nos surpreendemos com o ambiente tranquilo, apesar de se tratar de um hospital.

Visitar a maternidade antes do parto é uma ótima oportunidade para se informar sobre todos os documentos necessários para internação, saber o que o hospital exige que os pacientes levem, assim como quais os gastos você terá, no caso de internação privada, ou quais serão os custos extras, no caso de plano de saúde.

Nós vimos certinho o trajeto para chegar à maternidade, nos informamos sobre o estacionamento, visitamos as instalações da maternidade, fomos informados sobre horários de visitas e número de visitantes, recebemos um guia com documentos necessários para internação, sugestões de o que levar na mala de utilidades do bebê e da mamãe. Ficamos tranquilos em sanar nossas dúvidas e já nos sentimos pertinho da hora de receber nossa baby! Por isso achamos interessante essa visita prévia.

Fica aqui uma sugestão de o que perguntar na sua visita à maternidade:

Nas maternidades privadas, se aceita seu plano de saúde, o que ele cobre e quais os custos extras com os quais você deverá arcar, como algum teste ou vacina e refeições do acompanhante.

No caso de parto particular, quais são os custos de médicos, anestesistas, quarto individual ou enfermaria, refeições, testes, vacinas etc.

Como são as acomodações – quartos, enfermaria, sala de parto, centro cirúrgico.

Se há UTI neonatal e UTI materna.

Quantos acompanhantes são aceitos na sala de parto.

Se a maternidade permite que você leve seu médico que não seja plantonista lá.

Se permite participação de doula.

Se permite entrada de fotógrafos e cinegrafistas.

Se o bebê fica no quarto com os pais ou se é mantido em berçário.

Quais os documentos necessários para internação.

Como funciona o estacionamento, valores.

Quais os horários de visitas.

O que os pais devem levar para higiene e trocas do bebê.

Se você tiver outras dúvidas, esse é o momento para perguntar tudo, para ficar segura de como proceder no momento da internação. Desejamos uma ótima hora para todas as gravidinhas. 😉


10 dicas para fotografar ensaio gestante

Nada melhor para guardar a lembrança do barrigão da gravidez que o registro de um ensaio gestante!

Se puderem contratar um fotógrafo, contarão com uma boa direção e terão o registro profissional. Mas se não for possível, nosso pitaco é que tirem fotos mesmo assim, com ajuda de algum parente ou amigo, o importante é guardar algumas fotos da mamãe e do papai, com o baby na barriga, não é necessária uma grande produção…

Além de fotografarmos a evolução da gestação em casa, no fim da gravidez fomos clicados pelo fotógrafo Rogerio Amendola e adoramos o resultado!

 Trazemos 10 dicas para organizar seu ensaio gestante, e abaixo dividimos as fotos do nosso ensaio, para inspirar outros casais gestantes.

10 DICAS PARA SEU ENSAIO GESTANTE

1- Tempo de gestação

O ideal é que o ensaio seja feito entre o 7º e o 8º mês de gestação, ou até a 34ª semana. A barriga já está grande e linda, e depois disso a mulher começa a ficar inchada e pode acontecer de não se gostar nas fotos.

* Eu acabei atrasando e fiz passando das 36 semanas. Felizmente não estava inchada. De qualquer forma, concordo que é melhor não esperar tanto, pois se o baby vier prematuro você não terá a chance de fazer as fotos, ou como no meu caso, fiquei exaustaaaa, apesar de ter sido um ensaio relativamente rápido, sem várias trocas de roupas e tal.

2- Incluir o pai

Nem sempre é possível, mas se puder, inclua o papai e faça o ensaio com foco na família e na relação do casal.

Quando planejamos nosso ensaio, pensamos um ensaio conjunto, eu e o Marcos. Por isso trago essa dica já de cara.

3- Local

O ideal é que você escolha um local onde se sinta confortável. As fotos podem ser feitas no estúdio do fotógrafo, caso contratem um, num lugar externo que você adora, como parque ou praia, ou mesmo na sua casa, se é onde se sente mais à vontade. Avalie o que faz mais seu estilo, se prefere que seja mais natural, explorando espaços abertos, se quer um local mais reservado, ou se prefere um ambiente mais íntimo, onde pode aproveitar até o quartinho do bebê como cenário.

Se fizerem em casa, escolham uma parede lisa, sem objetos de fundo que ofusquem a barriga.

Lembramos que não existe luz melhor que a luz natural, então um ensaio externo provavelmente vai conferir maior riqueza às fotos.

4- Horário

Se o ensaio for ao ar livre, fiquem atentos ao horário, as melhores luzes são no comecinho da manhã e no final da tarde.

5- Roupas

A ideia é valorizar o barrigão, então o melhor é usar roupas básicas, com cores neutras. A mamãe pode usar tops para exibir a barriga, e compor com shorts ou calças de gestantes, ou mesmo saia. Também pode usar vestidos de tecidos leves ou vestidos justos que destaquem a barriga. O papai também deve usar roupas neutras, acompanhando a mamãe.

Cuidado na escolha de estampas, o que está na moda hoje pode não estar na moda amanhã e vocês não vão querer se sentir o Augustinho Carrara quando olharam as fotos daqui 10 anos.

6- Objetos do enxoval

Vocês podem usar objetos especiais nas fotos. É muito comum fotos com roupinhas, sapatinhos e brinquedinhos do bebê. Mas não é obrigatório, vocês podem optar por só registrar o casal e a barriga, sem adornos.

7- Poses

Se vocês vão fazer o ensaio com um fotógrafo profissional, ele provavelmente vai orientar vocês em como se posicionarem para as fotos. Caso o fotógrafo seja um amigo ou familiar, pesquiseM algumas fotos na internet para usar como referência de posicionamento ou de direção.

8- Número de cliques

Se forem fazer fotos sem fotógrafo profissional, tirem muitas e muitas fotos, para poderem escolher as melhores. Se tirarem apenas uma em cada pose, correm o risco de perceberem que a foto não ficou boa somente mais tarde, quando olharem em uma tela maior que o visor da câmera.

9- Naturalidade

Poses mais naturais conferem um clima mais descontraído ao ensaio. É bacana o casal demostrar que está se curtindo e curtindo a espera do bebê que está para chegar. Não é preciso fazer caras e bocas, mas é legal olhares e gestos de carinho para com a barriga e o parceiro.

10- Presença de outras pessoas

Muitos familiares querem aparecer nas fotos com o baby na barriga. Dependendo de quem vai tirar as fotos, vocês podem combinar de incluir outros membros da família, especialmente se o casal já tem outros filhos. Também podem tirar fotos com vovô e vovó, tios, até com o bichinho de estimação da família!

E aqui nossas fotos, feitas pelo fotógrafo Rogerio Amendola:

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante

ensaio gestante


Cursos para gestantes em Florianópolis

Mamães e papais de primeira viagem podem começar a conhecer o universo dos bebês pelos cursos de gestantes.

Quando engravidamos, não tínhamos noção nenhuma sobre cuidados com recém-nascidos, então resolvemos procurar cursos para gestantes, para aprender o básico sobre o bebê que estava por vir.

Encontrei algumas indicações na internet sobre cursos em Florianópolis/SC e percebi que alguns não existiam mais. Seguem aqui os que encontrei, com comentários sobre os que participamos:

cursos-gestantes


UNIMED

Para quem tem plano de saúde da UNIMED Grande Florianópolis, a UNIMED proporciona um curso gratuito, uma vez por mês, no Hospital da UNIMED ou na UNIMED da Trindade e o conveniado/a pode levar um acompanhante. São dois dias – sexta-feira das 18h30 às 21h e sábado das 9h às 13h, com intervalo no qual é servido lanche – e as palestras abrangem nutrição na gestação, tipos de parto, amamentação, cuidados com o recém-nascido e aula prática de banho.

Fomos somente no encontro de sexta-feira, e na nossa opinião, foi bem básico para quem já pesquisou um pouco sobre alimentação e tipos de parto na internet. Gostaria de ter visto a palestra sobre cuidados com o recém-nascido e a aula prática de banho, porém acabamos não indo no encontro de sábado.

Quem é conveniada da UNIMED e tem interesse nesse curso, pode entrar em contato pelo telefone (48) 3216-8999 ou pelo e-mail viverbem@unimedflorianopolis.com.br.

Acredito que UNIMEDs de outras localidades disponibilizem o mesmo tipo de curso, entre em contato com a sua operadora.

** Caso você seja conveniada de outro plano de saúde, informe-se diretamente com seu convênio sobre a existência de curso para gestantes.

ATUALIZAÇÃO: Não existe mais a UNIMED da Trindade, informe-se com a UNIMED onde estão ministrando o curso.


Curso de Gestantes Bebê a Bordo – BCU-Brasil

Curso gratuito, com entrada mediante 1 kg de alimento não perecível por pessoa, para doação a pessoas carentes. Acontece uma vez por mês e aconselham a participação da mamãe a partir de 12 semanas de gestação. Contam com palestra de um pediatra, de um obstetra e sobre coleta de células-tronco.

Gostamos bastante das palestras do pediatra e da enfermeira (a obstetra não pôde ir no dia, e foi uma enfermeira especializada em amamentação, que falou sobre amamentação e partos). A palestra sobre coleta de células-tronco apresenta como funciona o Banco do Cordão Umbilical, é interessante para quem quer fazer a coleta e para quem tem dúvidas de como ela e o armazenamento funcionam, eles dão todas as indicações necessárias.

No final do curso há sorteio de brindes dos parceiros do BCU e nós ganhamos uma sacola com produtos da Johnson’s! Outras gestantes ganharam produtos de higiene de outras marcas, roupas para gestantes, para bebês, ensaio fotográfico etc.

Quando fizemos foi no Floripa Shopping, das 19h às 22h30. Informe-se sobre as datas e faça sua inscrição pelo telefone (48) 3025-3700 ou pelo e-mail curso.bebeabordo@gmail.com.

Acredito que esse curso seja realizado em outras cidades também, para divulgação do Banco de Cordão Umbilical. Informe-se junto ao BCU da sua localidade.


Ilha Hospital e Maternidade

Ao entrar em contato com a Maternidade Ilha, fui informada que eles possuem uma parceria com o Banco do Cordão Umbilical, portanto encaminham para o curso do BCU.


Curso do HU/UFSC

As organizadoras indicam que seja feito 2 meses antes do parto. Dura 2 meses, com um encontro por semana (8 encontros). Assim que confirmei a gestação, entrei em contato e recomendaram que eu já me inscrevesse para a turma que aconteceria 2 meses antes da data prevista para meu parto.

No primeiro encontro todos se apresentam e falam sobre as expectativas com o curso. A partir daí as organizadoras estabelecem a pauta do que será abordado em cada encontro, então cada edição pode ser um pouco diferente.

Basicamente os encontros iniciam com exercícios para a gestante (como alongamento e respiração), seguido de lanche e, após, é abordado o tema do encontro. No último encontro é realizada uma visita à maternidade do HU/UFSC.

O curso é gratuito, realizado por enfermeiras e psicólogas da UFSC, e as gestantes podem levar um acompanhante. Como não há verbas destinadas ao grupo, o lanche fica a cargo dos participantes, cada encontro um grupo é responsável.

Quando fizemos o curso, os encontros eram às quintas-feiras, das 14h às 18h.

Como é um curso mais longo, comparado a outros que são palestras realizadas em 2 a 4 horas, pensamos que seria bem mais completo que os demais. No entanto, o curso é mais voltado para a troca de experiências, com bastante participação dos casais, acaba sendo mais um espaço para conhecer outros casais gestantes e ouvir sobre suas percepções.

Como estávamos à procura de um curso mais prático, com informações mais específicas, não nos adaptamos e acabamos desistindo. Mas é um bom espaço para os casais que querem compartilhar histórias com outros casais que estão na mesma fase.

Uma amiga que fez há 3 anos gostou, e comentou que as mamães mantiveram contato após o nascimento, inclusive com encontro com os bebês.

Contato: (48) 3721-8284.

**

Editado após o nascimento de nossa filha:

Apesar de não termos continuado no curso, continuei em contato com as outras mamães por grupo de Whatsapp, que é um ótimo recurso para trocar experiências, ideias e dicas com outras mães!

**


SESC

Encontrei em um blog informação de que o SESC tinha um curso para gestantes, porém o e-mail retornou e ao entrar em contato diretamente com o SESC, fui informada que atualmente não estão oferecendo o curso em Florianópolis, e que não tem previsão. A página do SESC mostra que há curso para gestantes em outras unidades de Santa Catarina, para quem não é da capital, pode se informar no seu SESC local.


Maternidade Santa Helena

Entrei em contato por e-mail e a administração indicou um endereço de e-mail específico para eu me informar sobre o curso, porém não foi respondido.


Loja Lua de Papel

Pelo e-mail da loja não obtive resposta. Ao perguntar na loja a vendedora informou que é feito em parceria com a Maternidade Santa Helena.


Curso Shanon para pais grávidos – Lojas Shanon

As lojas Shanon oferecem o “curso Shanon para pais grávidos” em quatro edições por ano. Cada edição tem dois encontros, realizados em duas manhãs de sábados seguidos, no Cinespaço do Beiramar Shopping, em Florianópolis. As gestantes podem levar um acompanhante, e o curso é gratuito – pedem contribuição de um pacote de fraldas para doação a uma instituição de caridade da cidade. Os temas abordados estão descritos na página da Shanon – www.shanon.com.br e os interessados devem comparecer a uma das lojas para preencher uma ficha de interesse. Assim que marcarem o próximo curso, eles entram em contato para passar as informações, e novamente os interessados devem comparecer à loja para inscrição.

Os temas parecem ser bem interessantes: fase gestacional (com médicos obstetras), orientações pediátricas no pré-natal (com médico pediatra), aleitamento materno e cuidados com o bebê (com enfermeiras especialistas no assunto). Preenchi ficha de interesse com 3 meses de gestação e recebi e-mail quando completei 5 meses, porém infelizmente não pudemos ir, acabamos não nos inscrevendo. Pedi para ser avisada do próximo, porém não tive mais informações até o 7º mês de gestação.

Uma amiga foi e comentou que gostou bastante.


Grupo de Apoio à Gestante Gestar

Proporcionam dois encontros gratuitos por mês em cada “base” (Gestar Sul na Casa Gestar, Gestar Norte no CESUSC da SC401, Gestar Continente no CEFID e Gestar Centro na Rafael Bandeira). Os temas são diversos, é só acompanhar na página deles no facebook, onde publicam as datas e os temas das palestras. A página é www.facebook.com/gestarfloripa.


Equipe Hanami

Trata-se de uma equipe de enfermeiras que realizam partos domiciliares. Quem tem interesse em parto domiciliar ou em ter o acompanhamento delas na maternidade, pode entender mais nas palestras que fazem uma vez por mês, aberta ao público, na qual apresentam a equipe. Elas também oferecem um curso de preparação para maternidade, paternidade e parto conscientes, realizado em 5 encontros, sábados pela manhã, das 9h às 11h30. O curso que iniciou em setembro de 2015 foi R$250,00 individual ou casal. Para informações sobre os próximos cursos, o e-mail delas é contato@equipehanami.com.br / telefones: (48) 8407-0746 ou (48) 9971-6303.


Enfermeira Soninha Silva

A enfermeira obstetra Soninha Silva entrou em contato conosco para avisar que também ministra cursos para gestastes. Não fizemos o curso particular com ela, mas ela foi a enfermeira responsável pela parte de amamentação no curso que fizemos do BCU. Ela é especialista em amamentação, realiza cursos em domicílio ou em grupos, com aulas teóricas e práticas, abordando os seguintes temas: implicações emocionais na gestação e no pós-parto, importância da atividade física durante a gestação, preparação para o parto, tipos de parto, preparação para amamentar, aleitamento materno, cuidados com o recém-nascido com aula prática de banho, troca de fralda, cuidado com o umbigo entre outros.

As inscrições podem ser realizadas pelo telefone (48) 99639-7777 ou e-mail soniabia@gmail.com.

Mais informações na página do facebook: https://www.facebook.com/SS-Soninha-Silva-Consultora-em-Amamentação-e-Aleitamento-Materno-714694868564334/