Z’Perry Gastronomia – restaurante completo que serve todas as refeições

Nesse post, contamos a experiência do Pitacos do Casal no restaurante Z’Perry Gastronomia, em Jurerê, Florianópolis/SC, em março de 2018.


Sabe quando você quer viajar para um lugar e só curtir o hotel em que você está hospedado, sem ter que se preocupar com city tours, passeios e escolher restaurantes para comer fora? No hotel Jurerê Beach Village isso é possível. O hotel não oferece o sistema all inclusive (com todas as refeições e bebidas liberadas), mas conta com o restaurante Z’Perry Gastronomia, que fica dentro da estrutura do hotel e serve almoço, lanches, petiscos, jantas e bebidas, além de ser responsável pelo café da manhã do hotel.

Ambiente interno Z’Perry

 

Café da manhã

O café da manhã do hotel Jurerê Beach Village é servido num salão maior, não é o ambiente do restaurante Z’Perry em si, mas é a mesma administração. Ele pode estar incluído na sua diária, conforme opção na reserva, porém também é aberto aos hóspedes que optaram por não incluir o café e mudaram de ideia – é só informar o número do quarto e a cobrança é incluída nos gastos da hospedagem.

O café da manhã é super completo.
Conta com mesa de pães e bolos, incluindo opções sem glúten e sem lactose, frios, iogurtes, cereais e granola, salgados, omelete, frutas. Para beber, café, leite e sucos.
A administração está com planos de inovar e incluir mais itens no café da manhã, ampliando as opções de alimentos mais saudáveis e especiais (para alérgicos), incluindo até suco detox na lista de produtos oferecidos.

Café da manhã

Café da manhã

Café da manhã

 

Almoço

Tanto para almoço quanto para janta, o Z’Perry conta com um menu para escolha de pratos a la carte.

No almoço, entretanto, o restaurante costuma oferecer um buffet para consumo à vontade. Conta com diversos pratos de saladas e pratos quentes. Como ficamos hospedados no fim de semana em que Florianópolis comemorava aniversário, o buffet do dia em que almoçamos foi montado com pratos da culinária manezinha, com frutos do mar, pirão etc. Como diz o manezinho, “arrombassi”, porque olha, a comida estava deliciosa! Tudo bem preparado e bem saboroso.

Também há um buffet de sobremesas. Nesse dia havia uma seleção de encher os olhos, com pudim de chocolate, pudim de leite, chico balanceado, salada de frutas.

O buffet custa R$60,00 por pessoa e o consumo é livre. Bebidas à parte.
Também é aberto ao público externo, então, se você mora por perto ou está passando o dia em Jurerê, já sabe onde pode almoçar com qualidade!

Buffet de almoço – especial homenagem ao aniversário de Florianópolis

Buffet de saladas

Buffet de sobremesas

 

Lanches e petiscos

Durante todo o dia o Z’Perry serve opções de lanches, sanduíches e petiscos, que podem ser consumidos no restaurante, à beira da piscina que fica bem em frente ao restaurante, ou na praia, pois o restaurante conta com serviço também na praia para os hóspedes do hotel.

Nós provamos o Samburá de Camarão, o Camarão Rosa à Milanesa e o Bolinho de Siri.
O Samburá de Camarão (R$35,00) são 8 trouxinhas de camarão. Provamos por sugestão do garçon e super aprovamos. O molho é bem saboroso, e são servidas com maionese rosé. O Camarão Rosa à Milanesa (R$89,00) é uma porção de 400g de camarão à milanesa, ou seja, fritos, o que deixa o dia de praia de uma pessoa muito mais feliz! E o bolinho de Siri (R$37,00) são 8 unidades de bolinhos de siri, bem sequinhos, também ideais para beliscar à beira da praia ou piscina.

Samburá de camarão

Camarão à milanesa

Bolinhos de siri

 

Drinks

Para quem aprecia uns bons drinks, o restaurante Z’Perry também dispõe de uma carta de drinks, que podem ser consumidos no restaurante, piscina ou praia. Trata-se de uma carta de drinks tradicionais como capirinhas, margherita, mojito e outros. Para quem está na piscina, os copos são de plástico, pois é proibido entrar na piscina com copos de vidro. Acho isso ótimo, para evitar acidentes.

Também há opções de espumantes branco e rosé. Pensa numa tarde boa à beira da piscina apreciando um espumante bem geladinho!

Espumante rosé

Caipirinha de kiwi

Lagoa azul

 

Janta

Até pouco tempo, a janta também era servida em sistema de buffet, porém a administração está implementando uma nova dinâmica no serviço, que passou a ser pratos a la carte.

Na primeira noite em que jantamos no Z’Perry, nem chegamos a olhar o menu. Ao sentarmos foi entregue uma Sugestão do Chef, a preço fixo (R$60,00 + 10%), que incluía entrada, prato principal e sobremesa. Nessa noite a entrada foi Tabule na taça e o prato principal podia ser escolhido entre 1. Mignon recheado com tomates secos e rúcula, 2. Filé de peixe ao escabeche com couve flor à milanesa e 3. Fusilli ao molho fileto com peito de frango grelhado. Para finalizar, um buffet de sobremesas incluindo torta alemã, pudim de leite e salada de frutas.

Optamos pelo Mignon, que veio acompanhado de batatas fritas. A apresentação do prato não foi das mais bonitas, mas o sabor era melhor que o visual, e o ponto da carne veio do jeito que gostamos.

Acho bem interessante quando o restaurante oferece uma sugestão do dia a preço fixo, o cliente pode optar por aquele menu fechado que normalmente fica mais em conta que pedir cada item separadamente.

Tabule na taça

Mignon com fritas

Buffet de sobremesas

Na segunda noite, provamos alguns itens que estavam para ser incluídos no cardápio. Então fomos novamente de Sugestão do Chef. Dessa vez a entrada foi Salada Refrescante, com mix de verdes, gomos de laranja, erva-doce, marinada de camarões, abacate e hortelã. Achei essa composição bem interessante. A salada fica mesmo refrescante, os camarões vêm bem temperadinhos, os sabores são bem marcantes.

O prato principal do Marcos foi Risoto de arroz arbóreo com camarões, abóbora assada, pistilos de açafrão e pesto de hortelã. O arroz estava cozido no ponto certo e a abóbora foi uma boa surpresa, trazendo um ponto doce ao prato.

Meu prato principal foi Salmão grelhado ao leito de purê de banana da terra, frappé de vinho e tomates cereja com amêndoas laminadas. Eu adoro salmão, e estava saboroso, com um bom tempero. O purê de banana é ideal para quem gosta de misturar bastante doce com salgado. Eu particularmente me identifico melhor com purê de batatas, por exemplo, mas é questão de paladar.

Para finalizar, Terrine à Z’Perry e Petit Gateau. Fiz até uma enquete no Instagram, enquanto estávamos lá, e a preferência dos participantes ganhou de lavada! E acertaram, o Petit Gateau estava delicioso, bem “chocolatudo”, doce e cremoso, servido com sorvete de creme. O Terrine de chocolate preto e branco, servido com geleia de damasco, não ganhou nosso coração, achamos de um doce muito enjoativo. Então nosso pitaco é ir de Petit Gateau!

Salada refrescante

Risoto com camarões

Salmão com purê de banana da terra

Petit gateau de chocolate

Terrine à Z’Perry


Tudo isso dito, vocês já entenderam que tivemos uma ótima experiência no Z’Perry, e podemos afirmar que ele é um restaurante super completo, que serve todas as refeições para quem está hospedado no Jurerê Beach Village, assim como o público externo, que tem acesso ao restaurante pela entrada frontal do hotel (pela praia não é possível entrar sem a pulseira de identificação).

Em breve, vamos liberar o vídeo no canal no Youtube, mostrando toda nossa experiência no hotel e no restaurante, fiquem ligados!


Endereço do restaurante Z’Perry Gastronomia:
Alameda César Nascimento, 646 – Jurerê, Florianópolis
Dentro do Hotel Jurerê Beach Village
Site do restaurante: http://zperrygastronomia.com.br
Site do hotel: http://www.jurere.com.br/hoteis/beach-village/


 

Anúncios

Almoço alemão no Restaurante Otto, no hotel Ritta Höppner, em Gramado

Nessa postagem, falamos como é o almoço alemão no restaurante do hotel Ritta Höppner.


Aqui já falamos sobre nossa hospedagem no Hotel Ritta Höppner. Agora vamos contar como foi nosso almoço alemão no Restaurante Otto, localizado dentro do hotel.

Vale começar dizendo que o hotel é aberto ao público, serve almoço e janta a la carte, e também o chá da tarde (que já contamos como é na postagem sobre o hotel aqui).

Aos sábados e domingos no almoço, o restaurante oferece o Almoço Alemão, em sistema de rodízio, com culinária alemã de ótima qualidade.

O almoço inicia com as entradas: pães, pastas, salsichas e mostardas típicas, mais a salada de batatas com hortaliças da época, que no inverno é substituída por creme de batatas com croûtons de bacon.

Salsichas alemãs

Salada de batatas

Salada de hortaliças

Na sequência são servidos à mesa: salsichas weiss, bock e frankfurter, spätzle de queijo (macarrão caseiro alemão), chucrute, bolinho de batata, purê de maçã, biergoulasch (carne bovina cozida na cerveja), purê de batatas e legumes tostados.

Chucrute

Spätzle

Biergoulasch

Bolinho de batata e purê de maçã

Purê de batatas

Legumes tostados

Meus preferidos foram os purês e o chucrute, mas muita calma nessa hora, porque logo em seguida começam a ser servidas as carnes: kassler (bisteca de porco defumada), costelinha suína ao mel e mostarda, schnitzel ao molho de nata e ervas finas (filé suíno à milanesa), pato ao molho de frutas vermelhas e eisbein (joelho de porco) assado por 12 horas em baixa temperatura.

Kassler

Schnitzel ao molho de nata e ervas finas

Pato ao molho de frutas vermelhas

Todas as carnes que provamos estavam perfeitas, muito bem temperadas, desmanchando na boca. Até o joelho, que quase deixamos de provar, estava gostoso. Provamos por sugestão do garçon, que fez questão que comêssemos de tudo.

Fechando mais que bem a refeição, é servido o apfelstrudel (strudel de maçã), acompanhado de nata ou sorvete de creme. Nós escolhemos o sorvete de creme, que sempre faz um ótimo acompanhamento. Delicioso!

Apfelstruddel com sorvete

 

O almoço todo é muito bem servido, e pode ser repetido a vontade, então vá preparado para uma refeição bem farta.

 

CRIANÇAS

O restaurante aceita crianças, oferece cadeirinhas infantis elevadas, e tem menu kids.


ENDEREÇO
Restaurante Otto – Hotel Ritta Höppner Residenz – Rua Pedro Candiago, 364, Gramado/RS


Valores na nossa visita em fevereiro/2018:

Rodízio de almoço alemão (sábados e domingos) – R$96,00 + 10% por pessoa.

 

Pitacos na galeteria Nonno Mio, em Gramado

Aqui falamos do nosso almoço da galeteria Nonno Mio, em Gramado, em fevereiro de 2018.


Serra Gaúcha combina com comida de descendentes europeus, e nós, que gostamos de uma boa comida italiana, fomos conhecer o rodízio do Nonno Mio.

O restaurante fica na área central de Gramado, pertinho da rodoviária. É dividido em alguns ambientes diferentes, o que permite até reservar um dos espaços para eventos fechados.

Fomos lá almoçar, em dia de semana, em baixa temporada, estava bem tranquilo de público, e o atendimento foi bem atencioso.

O rodízio começa com pão, manteiga, azeite e queijo ralado. O pão é uma delícia, tipo caseiro, fofinho por dentro, uma perdição. Tive que lembrar de parar de comer, porque a comida “de verdade” ainda estava por vir.

Logo é servida a sopa de capeletti, servida no prato. Eu ADORO sopa de capeletti, estava uma delícia.

Pão caseiro

Sopa de capeletti

Na sequência é servido o principal: galeto al primo canto e acompanhamentos. São servidos quatro pedaços do galeto, que assim como todo o resto, podem ser repostos quantas vezes quiser. O galeto é macio e saboroso. Os acompanhamentos trazidos à mesa são: salada de radicci com bacon, salada de maionese (sem ovos) e polenta brustolada. Fazem parte do rodízio, ainda, as massas: espaguete ou tortéi, com os molhos: quatro queijos, miúdos (frango e moela), ao sugo (tomate e manjericão), alho e óleo, ao pesto (manjericão) e bolonhesa (com carne de porco e gado). Essas são trazidas separadamente, conforme escolha da massa e do molho. Eu pedi espaguete ao molho pesto e o Marcos pediu com molho bolonhesa. O pesto acaba deixando o prato um pouquinho mais oleoso, então preferimos o molho bolonhesa, que deixou a massa mais suculenta.

Galeto

Salada de maionese

Polenta brustolada

Espaguete com molho bolonhesa

Espaguete com molho pesto

Para finalizar, as opções de sobremesa são sagu e pudim de leite. Fechamos nosso almoço com chave de ouro provando o pudim, típico pudim de leite, bem doce e gostoso.

O Nonno Mio oferece o rodízio e outras opções a la carte. As outras opções são ideais para quem não quer exagerar. Mas em Gramado, vale dar uma saída da dieta e comer como na casa do Nonno né gente!

O restaurante fica no andar térreo de um prédio comercial, então o estacionamento não é liberado durante a semana no horário do almoço. Mas no jantar e nos fins de semana, tem o estacionamento liberado.

PARA FAMÍLIAS COM CRIANÇAS

Para quem, como nós, vai com crianças, vale dizer que o Nonno Mio não tem área kids, mas recebe crianças com carinho. Quando chegamos, foi oferecido papel e giz de cera para a Dora pintar, e os desenhos das crianças são depositados em um espaço bem na entrada do restaurante.

Tem cadeiras elevadas para crianças sentarem à mesa com os adultos, e o banheiro feminino conta com trocador – tinha até fraldinha disponível no banheiro.


Endereço:
Avenida Borges de Medeiros, 2070 – Planalto, Gramado – RS


Valores na nossa visita em fevereiro/2018:

Rodízio adulto de galeto – R$70,00 por pessoa

 

Pitacos na galeteria Casa di Paolo, em Gramado

A experiência do Pitacos do Casal na Casa di Paolo, em Gramado, em fevereiro de 2018.


Visitar Gramado, além de muita opção de turismo e lazer, é sinônimo de comer muito e muito bem.

São muitas as opções de restaurantes conhecidos pela fartura: cafés coloniais, comida italiana e alemã, fondues.

A comida típica italiana não pode faltar numa visita a Gramado, e por isso fomos à Casa di Paolo. Já conhecíamos o sistema da casa por nossa visita ao restaurante de Itapema/SC (veja aqui), e sabíamos que não íamos nos decepcionar.

A começar pelo atendimento, que é cortês e descontraído.

O sistema é de rodízio.

Primeiro são servidos pão caseiro com manteiga. Se segura no pão, porque vem bastante coisa depois!

Em seguida vem a sopa de capeletti, que fica na mesa para a gente se servir a vontade. Eu sou a louca da sopa de capeletti, me remete à minha infância na casa da minha vó. Por mim ficava o almoço todo comendo essa sopa, mas calma que é só a entrada.

Sopa de capeletti e pão caseiro

Passando para o principal, é servido a estrela da refeição: o galeto al primo canto. A ave é macia, suave e saborosa. Se desmancha na boca. São servidos alguns pedaços, repostos assim que são consumidos, para estar sempre quentinho.

Os acompanhamentos são: salada de folhas, salada de radicci com bacon, maionese de batata, polenta frita e polenta na chapa, queijo à dorê. É tudo servido na mesa, reposto assim que forem acabando.

Galeto, polenta frita e queijo à dorê

Polenta na chapa

Saladas

Além disso, tem as massas, servidas conforme escolha de massa e molho. As opções de massas são: espagueti, tortéi e nhoque. E os molhos: quatro queijos, funghi, tradicional (tomate), alho e óleo, tomate seco e nocciolli. O tortéi tem moranga no recheio e por aqui não somos muito fãs, mas é bem tradicional da culinária dos descendentes italianos na região. Mas preferi ir de espagueti, e o Marcos de nhoque, que ele adorou. Gostamos também de todos os molhos que provamos, e eles são bem “molhados”, porque molho ralinho não tem vez aqui no nosso paladar rsrs.

Espagueti ao molho funghi

Nhoque ao molho de queijos

Para quem ainda tem espaço, o rodízio também inclui sobremesas: sagu com creme e pudim de leite.

Sagu com creme

A comida é tipo caseira, e é muito gostosa. Fica como dica ir com muita fome, não só por ser rodízio a vontade, mas porque não dá vontade de parar de comer mesmo!

PARA FAMÍLIAS COM CRIANÇAS

A Casa di Paolo é receptiva a crianças, então pode colocar na programação da família, sem medo. Tem uma área kids no andar de baixo, mas estava em reforma quando fomos. Tem cadeiras altas para crianças, que podem ficar à mesa com os adultos.

Área externa Casa di Paolo Gramado


Endereço:
Casa di Paolo Gramado – Rua Garibaldi, 23 – Centro, Gramado – RS


Valores na nossa visita em fevereiro/2018:

Rodízio – R$81,00 por pessoa (não é cobrada taxa de serviço)
Crianças até 7 anos não pagam e até 11 anos pagam meia.

 

A Fábrica Working Bar inaugura com espaço de coworking, café e bar

A Fábrica Working Bar inaugurou, no Centro de Florianópolis, em fevereiro, e traz espaço criativo que reúne coworking, café e bar.


A Fábrica Working Bar inaugurou em fevereiro, e fomos lá conferir como ficou o espaço idealizado por Antônio Schappo Neto, Arthur Lawrence Xavier e Júlia Prado, e projetado pelo escritório de arquitetura 3P Studio.

São dois andares. No andar superior fica a área de trabalho, com escritório compartilhado, salas de reuniões, copa e área de descompressão. Nos pareceu bem funcional, e o legal é que as salas de reunião podem ser alugadas para reuniões avulsas, sem que o cliente seja mensalista.

Espaço do coworking

Mesas fixas – espaço do coworking

Espaço de descompressão na área de coworking

No andar de baixo, fica o café e bar, uma área bem descontraída, idealizada para o cliente do andar superior descer para fazer um lanche durante o expediente e para o happy hour no fim do dia. Essa área é aberta ao público, serve itens de cafeteria durante a tarde, e tapas no horário do happy hour, além das cervejas artesanais.

No bar tem mesas compridas, que podem ser compartilhadas e vários sofás com mesinhas de apoio ao lado. Perfeito para um encontro com os amigos no fim do dia, onde todos podem ficar bem à vontade.

Espaço de café e bar

O sistema de serviço é basicamente por autoatendimento. O cliente faz um cadastro no caixa e recebe um cartão pré pago, que deve ser carregado com créditos diretamente no caixa, no totem de autoatendimento ou por app pelo celular. A partir daí é só fazer os pedidos no totem e se servir das cervejas disponíveis nas taps.

Sim, a cerveja é servida pelo próprio cliente. Os copos ficam logo abaixo das taps e basta o cliente aproximar o cartão com seu crédito do painel. Feita a leitura do cartão, a cerveja pode ser servida na quantidade que quiser, e o sistema registra a quantidade consumida, descontando o crédito do cartão conforme consumo.

São doze torneiras de cervejas artesanais, selecionadas por sommelier especializado, e quem tiver dúvida, é só perguntar para a equipe da Fábrica, que eles ajudam a escolha, até indicam rótulos. É divertido ser seu próprio garçon e não precisar esperar pelo serviço, e a cerveja sai bem geladinha.

Sistema de taps com as informações de cada cerveja

Marcos no autoatendimento

Para acompanhar a cerveja, o bar oferece tapas – o cardápio foi inspirado na gastronomia espanhola. A comida é pedida pelo totem, que tem um sistema bem intuitivo, e quando fica pronta o cliente é chamado por autofalante para buscar no balcão.

O cardápio inclui batatas bravas, montaditos e pintxos, alguns pratos especiais, sobremesas, drinks e bebidas não alcóolicas. As batatas bravas, os montaditos e os pintxos são porções individuais e têm várias opções de cobertura ou recheio. Lembrando que são tapas, então não são mega porções, mas um aperitivo para acompanhar a bebida.

As Batatas Bravas são porções de batatas assadas, com uma cobertura. Nós provamos as batatas bravas de Rosbife (rosbife, molho de mostarda e alcaparras e molho de tomate) e as batavas bravas Chanchito (pernil suíno desfiado, molho de tomate e gorgonzola). Gostamos mais da Chanchito porque tem uma porção mais generosa de carne, e o permil é bem gostoso, com um molho não muito forte.

Batatas bravas Rosbife

Batatas bravas Chanchito

Os Montaditos são tipo mini sanduíches. Provamos o Brie Picante (brie e geleia de pimenta) e o Chanchito (pernil suíno desfiado, cebola caramelizada e gorgonzola). Aqui uma leve discordância: o Marcos gostou mais do Chanchito, provavelmente pela combinação dos ingredientes, perfeita para rechear os montaditos, e eu gostei mais do Brie Picante. Não achei muito picante, mas gostei do resultado.

Montaditos Chanchito e Brie Picante

Para sobremesa, Brownie com Sorvete. O brownie é receita da casa, preparado ali mesmo, bem gostoso, e é acompanhado de amêndoas e de sorvete de pistache. Não está indicado no cardápio que vem doce de leite, mas no nosso veio, e isso elevou o grau de satisfação da minha pessoa rsrs.

Brownie

Achamos A Fábrica um lugar bem descolado como um todo, e um lugar bem descontraído para o happy hour, e já queremos voltar para provar as outras opções de recheios das batatas, montaditos e pintxos!

Horários de funcionamento:
Tap Room/Bar: Segunda à quinta – das 17:30h às 23h / Sexta a sábado – das 17h às 24h
Café: Segunda à sexta – das 7:30h às 17:30h / Sábados – das 8h às 13h
Coworking: Segunda à sexta – das 7:30h às 20h / Sábados – das 8h às 12h

Endereço:
Travessa Albertina Ganzo, 33 – Centro, Florianópolis – SC


Valores na nossa visita em março/2018:

Cervejas – a partir de 3,30 por 100ml
Batatas bravas Rosbife – R$18,00
Batatas bravas Chanchito – R$22,00
Montaditos Brie Picante – R$12,00
Montaditos Chanchito – R$12,00
Brownie com sorvete – R$19,00

 

A Nova Margherita Italiana da Forneria Catarina

Forneria Catarina apresenta nova receita na sua Margherita Italiana.


A Forneria Catarina é uma pizzaria em Florianópolis que gostamos muito, tanto pelos produtos que oferece, quanto pelo atendimento e ambiente. Tem unidades no Centro e no bairro Santa Mônica. Nós costumamos ir na do Santa Mônica, um lugar aconchegante, com iluminação baixa sem exageros, e com as pizzas do jeito que gostamos: massa fininha e ingredientes de alta qualidade.

Sempre com o objetivo de melhorar, eles estão com uma nova receita da pizza Margherita Italiana, que agora, além do molho de tomates, mozzarella de búfala e manjericão, conta também com queijo grana padano e é regada com azeite premium. Os ingredientes são trazidos da Itália e é tudo selecionado para servir só o melhor. Nota-se no paladar, simplesmente adoramos o resultado!

Como também somos chegados a uma carninha nas nossas redondas, aproveitamos a visita e pedimos metade do sabor Italianíssima, que vem com molho de tomate, mozzarella de búfula, pesto de manjericão, pecorino romano, presunto tipo Parma e mini rúcula. Difícil eleger a melhor!

Pizza Nova Margherita Italiana e Italianíssima

Quem gosta de um saborzinho extra na pizza, vale provar os azeites saborizados com alecrim, alho e pimenta. O Marcos adorou o de alecrim, já eu gostei mesmo do de alho. O de pimenta não precisa ter medo, que não é um tempero forte de molho de pimenta, só um leve sabor mesmo.

Azeites saborizados

Um vinho tinto cai muito bem com a Margherita Italiana, mas optei por provar o Moscow Mule da casa. É uma bebida que ficou bem popular em Floripa no último ano, mas há algum tempo eu não provava um que gostasse tanto. Leva vodka, suco de limão, xarope de gengibre, chopp e espuma de limão.

Moscow Mule

Provamos, ainda, algumas das sobremesas da casa, todas produzidas por eles mesmos.

O Petit Gateau de Chocolate servido com sorvete de creme é divino, de comer rezando! É bem macio e o chocolate é delicioso, assim como o sorvete – eu adoro sorvete de creme nas sobremesas, e esse achei ótimo.

Petit Gateau de Chocolate com sorvete de creme

Mas o que recomendo mesmo com todo amor do meu coração, é o Panino. Eu pedi o de Ganache de Chocolate Branco e Calda de Framboesa, porque adoro chocolate branco e frutas vermelhas. Eu gostei do recheio, mas aviso que achei beeeem doce. O que me ganhou mesmo foi a massinha. E também tem o Panino de Nutella, que vou ter que provar na próxima visita, porque né, é de Nutella minha gente!

Panino de Ganache de Chocolate Branco e Calda de Framboesa

Quem já se esbaldou nas pizzas e não quer exagerar na sobremesa, pode ficar no sorvete artesanal da casa. No dia em que fomos tinha de creme, pistache e avelã. Leves e refrescantes.

Sorvetes artesanais

Como mencionei no início, o atendimento foi muito atencioso, a equipe está sempre pronta para auxiliar.


Endereços:
Forneria Centro – Rua Esteves Junior, 604, Florianópolis/SC
Forneria Santa Mônica – Avenida Madre Benvenuta, 1248, Florianópolis/SC


Valores na nossa visita em fevereiro/2018:

Pizza Margherita Italiana – R$69,00 grande (8 fatias) / R$52,00 individual (4 fatias)
Pizza Italianíssima – R$80,00 grande (8 fatias) / R$60,00 individual (4 fatias)
Petit Gateau de Chocolate com Sorvete de Creme – R$19,50
Panino de Ganache de Chocolate Branco e Calda de Framboesa – R$29,00
Sorvete Artesanal – R$15,00

 

Burger de Picanha e brownie com creme de avelã voltam ao cardápio do Outback para ficar

Tem novidades deliciosas voltando ao cardápio do Outback! Sucessos em 2017, o hambúrguer de picanha Bloomin’ Picanha Burger e a sobremesa Hazelnut Thunder From Down Under voltaram e estão oficialmente no cardápio.

Fomos na unidade do Beiramar Shopping, em Floripa, conferir o retorno desses queridinhos, mas eles podem ser encontrados em todos os restaurantes Outback do Brasil.

O Bloomin’ Picanha Burger é com hambúrguer de picanha (240g), servido em pão brioche, com queijo emmenthal, smoked mayo, molho Flame, bacon e pétalas da cebola Bloomin’ Onion. Olha quanta coisa boa nesse recheio minha gente! É realmente muito bom, com a carne grelhada ao ponto, vermelhinha por dentro, super suculenta. A cebola do Outback já é uma delícia, colocá-la dentro do burger trouxe um gostinho ainda mais especial. E ainda tem o charme da logomarca prensada no pão!

Batatas fritas acompanham o burger, e elas não ficam atrás, bem sequinhas e crocantes.

Bloomin’ Picanha Burger

Partindo para a sobremesa, o Hazelnut Thunder From Down Under é um brownie de chocolate recheado de creme de avelã, servido com uma bola de sorvete, chantilly, calda e raspas de chocolate. Só de ler os ingredientes já dá para ver que não tem como ser ruim! Rsrs E realmente, nós que somos fãs de creme de chocolate com avelã adoramos! É uma sobremesa bem grandinha, na nossa opinião serve para dividir entre 2 ou 3 pessoas (depende do que vocês comeram antes e da fome).

Hazelnut Thunder From Down Under

Na nossa visita, provamos também a Bloomin’ Onion, a cebola tradicional do Outback, que fica molhinha na parte da cebola, com a casquinha bem sequinha. Pedimos com o molho picante, bem saboroso e que não é ardido. Mas nós adoramos molhos picantes, então atenção, se você não gosta, talvez seja melhor pedir com molho suave.

Bloomin’ Onion

Para quem quer começar os trabalhos com uma entradinha mais leve, a opção do pão australiano é bacana, o pão é muito macio, e é servido com manteiga.

Pão australiano

Nossa visita foi bem comportada, à base de bebidas não alcoólicas: chá gelado e suco natural. Os iced teas são servidos na caneca cheia de gelo, bem refrescante, e o refil é grátis. Pedimos com sabor de cranberry e de pêssego. Gostamos dos dois, mas o meu preferido foi o de cranberry, mais docinho. Para quem gosta de suco natural, a mistura do Laramora é bem interessante: morango com suco de laranja, sabor docinho, com apresentação dos sucos separados, e a gente vai misturando à medida que consome.

Iced Teas Cranberry e Pêssego

Suco Laramora

O Outback é conhecido pelas instalações aconchegantes e pelo atendimento descontraído, e foi isso que encontramos na unidade de Florianópolis. O restaurante é bem amplo, com mesas separadas em cabines (booths), ladeadas por sofás. Tem música ambiente tocando de fundo, todo um ar bacana para um happy hour com amigos.

Outback Florianópolis no Beiramar Shopping

 

PARA QUEM VAI COM CRIANÇAS

Não é um ambiente voltado para o público infantil, mas vimos por lá várias famílias com crianças. Na unidade de Floripa não tem espaço kids, mas tem cadeiras altas para crianças e banheiro com trocador. As crianças também podem ser acomodadas nos sofás (eu sempre gosto quando tenho essa opção para deixar minha pequena ao meu lado).


Endereço do Restaurante em Florianópolis: piso térreo do Beiramar Shopping – Rua Bocaiúva, 2468, Centro.


Valores na nossa visita em janeiro/2018:

Bloomin’ Picanha Burger – R$43,00
Hazelnut Thunder From Down Under – R$31,00
Iced tea com sabor – R$10,50
Suco Laramora – R$10,50