St. Patrick’s Day na Grande Florianópolis

Esse fim de semana participamos de um evento de comemoração a São Patrício, St. Patrick’s Day, na Grande Florianópolis, e deixamos aqui nossas impressões, para você avaliar se quer ir na próxima edição.

DCIM103GOPRO

St. Patrick, ou São Patrício, é o santo padroeiro da Irlanda. Seu dia, 17 de março, é celebrado nos países de língua inglesa, com o povo se vestindo de verde e bebendo muito chope.

Aqui na Grande Florianopolis, mais especificamente no Passeio da Pedra Branca, em Palhoça, foi organizado por um pub local um evento de rua em comemoração à St. Patrick. A proposta foi um evento com food trucks, música (rock e música celta) e diversas barraquinhas de chope.

O horário do evento foi das 12h às 19h.

Chegamos por volta de 15h30 e ficamos lá até 17h30, e estava super cheio, muitos carros em volta do passeio e muita gente andando por ali, um sucesso. Fomos vestidos de verde, para ir no clima da festa, assim como tantos outros participantes!

Havia barraquinhas de diversas cervejarias locais, alguns food trucks e dois espaços para apresentações musicais. Tinha também um carrinho chamado “barcicleta” no qual 12 pessoas iam pedalando e bebendo cerveja (atrás de nós na foto abaixo).

DCIM103GOPRO

O valor do chope era R$10,00 em todas as barracas, valor justo, considerando que eram cervejas/chopes artesanais, de 500ml (alguns especiais eram o mesmo valor para 300ml). Em qualquer barzinho é quase isso para um chope normal de 300ml. Poderia ser pago diretamente na barraca, em dinheiro, ou, para quem fosse pagar no cartão, havia uma barraca para compra de fichas.

No horário em que chegamos, tudo estava funcionando tranquilamente. As filas eram grandes em todos os estandes, mas fluíam, pelo menos para as cervejas. No tempo em que ficamos lá (em torno de 2 horas) enfrentamos a fila 3 vezes, em diferentes barracas. Estávamos aproveitando o evento, andamos bastante pelo passeio para ver tudo, e estávamos cientes de que haveria fila.

Tomamos chope pilsen, ale e cerveja preta. Tudo muito bom! Bem, não estavam muito geladas como gostamos, mas o sabor era bom. Ahhh procuramos por tudo, mas não encontramos a cerveja verde anunciada na página do evento, não sabemos se acabou antes de chegarmos, ou se simplesmente não teve.

DCIM103GOPRO

Não fomos nas barraquinhas de comida, então também não sabemos os valores dos lanches. As filas eram grandes, e optamos por não enfrentá-las. Sabemos que quando acontece um evento assim “diferente” em Florianópolis, a procura é grande e as filas são enormes, estávamos tranquilos em relação a isso, e não queremos entrar aqui no debate da “gourmetização” da comida de rua etc.

No evento criado no Facebook, lemos muitas reclamações sobre as filas. Realmente, eram grandes, mas poxa, foi um evento diferente, houve muita procura. Os organizadores se propuseram a promover um evento diferente, os cervejeiros locais foram aproveitar para expor, vender e divulgar suas marcas, alguns food trucks participaram… e vi tantos comentários amargurados, alguns cheios de raiva porque “os organizadores não entendem nada sobre marketing”, porque “não consegui comer”, porque “não consegui beber”. Como falei, ficamos na fila da cerveja 3 vezes em 2 horas, e poderíamos ter tomado muito mais se quiséssemos, mas estávamos andando em volta, curtindo…

Não sabemos quais eram as bandas, mas gostamos das que vimos, boa música, bons músicos!

O comércio fixo do passeio estava aberto ao público, e também estava bombando. Vimos as lojas cheias, até li no instagram que na lojinha de brigadeiros estavam enrolando os docinhos na hora, pois acabaram os que estavam prontos!

Por volta das 17h vimos que a maioria dos food trucks haviam encerrado as atividades, e as barracas de cerveja também começaram a fechar, foi quando pegamos nosso último chope!

DCIM103GOPRO

Bem, aqui os revoltados vão dizer que se era até as 19h, tinha que ter comida e bebida até as 19h. Mas né… o evento começou ao meio dia e muitas barracas eram de pequenos negócios, de fato sem experiência em grandes eventos.

Quando perguntamos em uma barraca de cerveja se valia a pena esperarmos na fila, se o chope estava terminando, um funcionário nos falou que os copos de 500ml estavam terminando, e passariam a servir em copos de 300ml, pelo mesmo valor. Aí não concordamos! Fecha, vai no mercado comprar copo ou, no mínimo, baixa o valor. Saber quantas pessoas vão consumir é díficil, mas podem calcular o número de copos conforme a quantidade de barris. De qualquer forma, algumas pessoas estavam com seus próprios canecos, fica como dica para as próximas edições.

Havia banheiros móveis, até com pia para lavar as mãos. O que mais sentimos falta foi de lixeiras (para os organizadores do evento ou do Passeio, fica a nossa sugestão para o próximo evento: mais lixeiras).

DCIM103GOPRO

Enfim, fomos em casal, mais os pais da Jo, encontramos amigos, vimos muitos jovens, muitas famílias, muitas crianças. Mesmo que tenham usado o nome “St. Patrick’s Day” apenas para lucrar, foi um evento divertido, bem bacana para aproveitar o domingo em família ou com os amigos e ainda degustar cervejas locais, de ótima qualidade! Parabéns aos organizadores pela iniciativa! Ah, se Florianópolis tivesse mais eventos… de diversos tipos, em vários lugares. Uns lucram, outros se divertem saindo de casa… e assim passamos mais um domingo!

Para não ter interpretações erradas, não recebemos nada para fazer essa postagem, não ganhamos nada no evento, pagamos o que consumimos, enfrentamos as filas. Estamos apenas relatando nossa experiência de festa de St. Patrick’s Day no Brasil e deixando nosso pitaco para cada um analisar prós e contras desse tipo de evento na Grande Florianópolis.

Anúncios

12 comentários sobre “St. Patrick’s Day na Grande Florianópolis

    • Oi Claudinha, na verdade falei que parece que muitas pessoas não estavam no mesmo evento que nós… mas também vi muita gente falando bem, tanto no facebook quanto no instagram. Pena que não se divertiram, quem sabe para o próximo eles calculem melhor as quantidades 😉 Abraço

  1. O evento tinha tudo para ser legal, mas as filas intermináveis e a falta de estrutura acabaram com a paciência de muita gente!! Eu fiquei uma hora pra pegar um chope, no final acabei devolvendo as fichas pq em muitos lugares o chope tinha acabado ou estava quente!!
    Nota ZERO!!

    • Oi Miriam, as filas eram grandes… não sei quanto tempo demorava a comida, mas para cervejas ficávamos em torno de 30 minutos, nunca 1 hora. Os chopes não estavam muito gelados mesmo, o que para nós foi um ponto ruim. Acredito que não esperavam receber tanta gente, e realmente não calcularam corretamente, quem sabe no ano que vem esteja mais organizado nesse sentido. Abraço

      • Sim, esperavam, porque 5 dias antes já falavam em 6 mil pessoas. Foi na base do “vai assim mesmo e que se dane, vamos vender tudo mesmo”.

  2. Poxa tem uma galera reclamando, mas na minha opinião? Foi ótimo!
    Poderia ser assim? Poderia ser assado? Logico!
    Mas nada como ter experiencia e ter a oportunidade para melhorias futuras, meus amigos!
    Nunca temos nada diferente por estas bandas, e quando tem só aparece narizinhos empinados reclamando. Really??

    Bom, adorei o relato de vocês!
    Nós vemos ano que vem, no próximo St. Patrick’s Day!

    Abraços!

    • Kah, concordamos com você! Nunca tem nada e quando tem é um mar de reclamações, como se soubessem fazer melhor. Nenhuma crítica construtiva, muita opinião, pouca atitude! Que bom que se divertiu, assim como nós, que saiu de casa para passear, para conhecer, não para procurar defeitos! Abraço

  3. Também estivemos por lá no domingo e pudemos experimentar uma das melhores costelas que comemos na vida! Moramos bem próximo ao Passeio Pedra Branca. Final de semana passado passeamos por Florianópolis e pegamos dicas incríveis. Nosso próximo destino é São Bento do Sul, no Vale Europeu de SC. Segunda-feira teremos mais uma história fresquinha lá no blog emanarsa.wordpress.com. Não deixe de conferir e se divertir conosco. Boa Viagem!

    • Olá família! Esse ano não fomos, fomos no ano passado, agora com a bebê pequena achamos melhor não ir na muvuca rsrsrs, ano que vem provavelmente voltaremos!
      Vou acompanhar suas aventuras, dicas de passeios com a família são sempre bem vindas né?!
      Abraço!

Deixe seu comentário - se tiver dúvidas sobre esta postagem, por favor, não mande por e-mail, coloque aqui, pois sua dúvida pode ser a dúvida de outros:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s