Cervejaria Devassa tem cardápio caprichado de “comida de boteco”

Cervejaria Devassa de Florianópolis vai além do ambiente de barzinho/balada. A casa é conhecida como point de happy hour, no centro de Floripa, que vai esquentando ao longo da noite.

Mas não é só cerveja, drinks e música que tem por lá. Eles também oferecem um cardápio muito bem montado, com diversos pratos típicos de “comidinhas de boteco”, com um toque mais caprichado, para acompanhar os copos entre amigos!

Fomos convidados a participar de uma harmonização dos pratos com os tipos de chope que a casa oferece, e vamos contar tudo aqui.

Os chopes da Devassa servidos na Cervejaria são os seguintes: Loura (Tropical Lager), Sarará (Tropical Weiss), Ruiva (Tropical Red Ale), Negra (Tropical Dark Ale) e Índia (Tropical IPA).

Começamos a noite com alguns aperitivos:

♦ Tapioquesas (tapiocas + calabresas) – bastões de tapioca (250g) recheados com calabresa e queijo coalho, acompanhado de melado de cana.
Harmonizou com o chope Loura.

♦ Frangarinho – frango a passarinho (400g) frito e temperado em molho picante à base de melado, gengibre e tabasco.
Harmonizou com o chope Sarará, que é de trigo.

♦ Mignon de Amigos – tiras de mignon (200g) e cebola em cubos no molho de carne, coberto de muçarela derretida e bacon, e pão de cerveja da casa para acompanhar.
Harmonizou com o chope Ruiva.

Tapioquesas com chope Loura

Frangarinho com chope Sarará

Mignon de amigos com chope Ruiva

As entradas estavam ótimas! Quando chegaram as tapioquesas (primeiro prato servido), já decidimos que poderíamos passar o happy hour com elas e com o chope Loura, leve é fácil de beber. Mas não vamos desmerecer o frango e o mignon, pois cada um tem seu sabor especial. Aliás, quem não gosta de tirinhas de mignon com molho, e ainda queijo por cima? Quanto mais com um chope Red Ale para harmonizar? Recomendamos todos! A única pena é que essas porções de aperitivos não são muito grandes, servem 2 pessoas como entrada.

Em seguida passamos para os pratos da “Chapa quente”:

♦ Gaúcho Chapadão – carne (fraldinha ou alcatra – 400g) grelhada servida com chips de batata rústica, farofa e molho.
Harmonizou com o chope Ruiva.

♦ Bonitão e Lamparina – carne-seca (200g) desfiada e puxada na cebola, acompanhada de aipim frito, farofa, feijão vermelho e manteiga de garrafa.
Harmonizou com o chope Índia.

Gaúcho Chapadão

Bonitão e Lamparina

Essas tábuas já são maiores, dá aquela sustância boa para seguir no happy hour! A Gaúcho Chapadão vem com carne grelhada, temperada no sal grosso, com uma farofinha especial, e a Bonitão e Lamparina é com carne seca e acompanhamentos deliciosos. São tábuas mais “pesadas”, que harmonizaram com chopes também mais pesados: Red Ale e Índia.

Por fim, mas não menos importante, tivemos que colocar o “Pé na Jaca” e foi servida a sobremesa #Fica-a-dica, com suflê de chocolate, servido com sorvete de creme e calda de chocolate, que harmonizou com o chope Negra. Gente, é di-vi-no! Cremoso, de chocolate, docinho sem ser enjoado.

#Fica-a-dica – suflê de chocolate com sorvete

E para quem não curte cerveja, mas não dispensa um bom happy hour, a casa também oferece drinks especiais com picolés da Kibon. Que tal uma Pina Colada com picolé de coco, ou uma caipirinha de morango com picolé de frutas vermelhas? São docinhos e praticamente vêm com uma sobremesa junto!

Drinks com picolé da Kibon

O ambiente é bem descontraído, espaçoso, com algumas áreas separadas – a entrada, mais aberta e iluminada, ideal para quem prefere comer e conversar, e a área interna onde fica a banda/DJ e a muvuca fica maior ao longo da noite.


Endereço: Rua Bocaiúva, 2198, Centro, Florianópolis/SC


Valores na nossa visita, em novembro/2017:

Tapioquesas – R$18,90
Frangarinho – R$24,90
Mignon de Amigos – R$39,90
Gaúcho Chapadão – R$59,90
Bonitão e Lamparina – R$69,90
#Fica-a-dica – R$18,90
Drinks com picolé da Kibon – R$30,00 a 35,00
Chopes Loura – R$6,90 (200ml)
Chopes Ruiva, Negra e Índia – R$7,90 (200ml)
Chope Sarará – R$14,90 (200ml)

Anúncios

Oktoberfest Blumenau para famílias e crianças

Todo mês de outubro é aquele agito em Santa Catarina, com as festas de outubro. A maior e mais famosa é a de Blumenau, considerada a segunda maior do mundo, fica atrás apenas da Oktoberfest de Munique, na Alemanha.

Bem, é muito chope, música, alegria! É conhecida por ter muita pegação. Mas fomos e comprovamos que tem espaço para curtir em família também. Esse ano quisemos aproveitar a festa com a Dorinha, e foi muito divertido.

O Parque Vila Germânica, local oficial da festa (porque tem festa pela cidade toda), fica cheio o dia todo, mas a concentração de pessoas, com certeza, vai aumentando ao decorrer do dia. Para aproveitar com crianças, o ideal é ir cedo, para passar o dia mesmo, e não a noite.

Chegamos por volta das 13h, e já fica a primeira dica boa aqui: aos sábados, domingos e feriado, até as 13h ninguém paga ingresso. A partir das 13h nesses dias, ou das 18h nos demais dias, o ingresso custa de R$12,00 a R$40,00 (no fim da matéria tem os valores e horários de cobrança). Fomos embora por volta das 18h e o número de pessoas no Parque tinha dobrado (fomos num sábado).

Na entrada, foi colocada uma pulseira de identificação na Dora e uma em mim, com o mesmo número, para conferência na saída. Bem bacana a ação, para evitar que alguém saia do local com alguma criança que se perdeu do responsável.

São quatro pavilhões, cada um com um espaço para banda, mesas, stands de comida e bebida e banheiros. Fora dos pavilhões a decoração é de casinhas germânicas, uma graça, e são várias lojas de comidas e presentes.

Andamos pela Vila Germânica toda, e encontramos muitas outras famílias também com bebês, que se divertiam dançando juntas. Ao decorrer do dia o movimento foi aumentando, e já não é aconselhável deixar crianças soltas, pois são muitas pessoas andando para todos os lados, o risco de se perder ou até se machucar é muito grande.

As opções de comida incluem pratos alemães, como joelho de porco, linguiça alemã, batata recheada, e opções mais “tradicionais” como sanduíches e pastéis. Mas não tenha pressa para comer… esperamos perto de uma hora para nossa comida ficar pronta – prato alemão e batatas recheadas.

Quanto às bebidas, as filas foram bem mais rápidas. Tem que comprar fichas no caixa, e trocar nas cervejarias. Caso optem por cervejas especiais, fiquem atentos para não comprar as fichas normais da Eisenbahn, pois elas não valem para as cervejas especiais de algumas outras marcas.

Adoramos a festa, encontramos um ambiente bem familiar durante o dia, e foi bastante divertido!


Oktoberfest Blumenau 2017
Datas: de 4 a 22 de outubro

Endereço Parque Vila Germânica:
Rua Alberto Stein, 199, Bairro da Velha – Blumenau/SC

Valores:
Abertura (04/10), segundas-feiras (09 e 16/10) e encerramento (22/10): entrada gratuita.
Domingos, terças, quartas (exceto véspera de feriado) e quintas-feiras (exceto feriado): R$ 12.
Sextas-feiras, véspera de feriado e feriado: R$ 30.
Sexta-feira, dia 13/10: R$ 40.
Sábados: R$ 40.
Crianças até 12 anos: Não pagam entrada.

Cobrança de ingressos:
Terça a sexta-feira e véspera de feriado: a partir das 18h.
Sábados, domingos e feriado: a partir das 13h.


 

Bar BeCool – drinks, cervejas e comida de boteco de qualidade

O Bar BeCool é um bar super descontraído, que serve drinks especiais, chopes artesanais e comidinhas de boteco de excelente qualidade. Os proprietários, formados em gastronomia, quiseram trazer para um ambiente agradável um cardápio simples, mas bem saboroso.

Bar BeCool

Para matar a fome ou acompanhar a conversa entre amigos, a casa oferece hambúrgueres e porções.

Dentre as porções de “fritaceira”, provamos o bolinho de feijoada, o bolinho de camarão, a coxa creme e a galinha fritadinha. Meu preferido foi o bolinho de feijoada, porque adoro feijoada, e os bolinhos ficaram bem saborosos. Mas o bolinho de camarão não ficou muito atrás não rsrs. A coxa creme é uma coxinha de frango envolta em uma massa de nata e provolone; essa massinha é muito boa, mas a quantidade de carne da coxinha é pouquinha, então espere mais sabor que quantidade. Já a galinha fritadinha é uma porção de tiras de frango fritas (chicken fingers), bem servida, ideal para ficar beliscando enquanto degusta um bom chope rsrs!

Bolinho de feijoada

Bolinho de camarão

Coxa creme

Galinha fritadinha e os molhos da casa

Todas essas porções acompanham uma opção de molho. Como estávamos degustando com um grupo maior, pegamos uma de cada: barbecue, maionese verde, maionese de limão, geleia de abacaxi com pimenta e mostarda e mel. Aqui é difícil eleger “o melhor”, pois cada um combina mais com algum prato. De qualquer forma, eu achei o barbecue o mais marcante. O mostarda e mel achei muito doce, mas já o Marcos gostou!

Passando para os burgers, o cardápio inclui hambúrguer de siri, de couve e opções de fraldinha que variam no complemento (tem 1- com muçarela, coleslow, bacon e barbecue, 2 – com cheddar, bacon, cebola caramelizada e barbecue, e o mais clássico 3 – com muçarela, alface, tomate, bacon e maionese verde). Tem ainda sanduíches de costela suína e ciabatta vegana com cogumelo shitaki.

Para sair um pouco do “mais comum”, fomos de Hambúrguer de Siri e CoolBurger, que leva coleslow. O hambúrguer de siri é feito de moqueca de siri, sim, primeiro eles preparam a moqueca, para depois montar os burgers. É bem gostoso, bom para quem está com vontade de uma opção mais leve, mas não mata aquela vontade de burger de carne… O Coolburger também agradou! Como não iria agradar, com queijo, bacon e molho barbecue? O coleslow não roubou a cena, então não precisa ter medo.

CoolBurger

E para a vontade de doces, tem sobremesas no cardápio também: Alegria no Palito (chocolate Snickers empanado na massa de bolinho de chuva frito e calda de Nutella), American Way (sanduíche de waffle com recheio de sorvete Amoratto, galeia de amora e calda de Nutella) e Yin Yang (brownie de Nutella da Browneria com sorvete de creme Amoratto e Tubette). A Alegria no Palito achei muuuuito doce (o que pode ser uma boa qualidade, dependendo da formiguice, né?), e o American Way achei muito massudo para uma sobremesa, mas comeria amarradona como café da manhã ou lanche! Hahahaha Para os chocólatras de plantão (como nós), o Yin Yang acerta em cheio: brownie com sorvete, adoramos!

Sobremesas

Passando para o lado “bar” do Bar BeCool, vamos aos bebes.

O cardápio de chopes não é fixo, pode alterar a cada dia, mas fica exposto bem na entrada do bar. São 6 taps por dia, com marcas e estilos diferentes. Para quem não conhece muito das opções, o pessoal do bar ajuda a escolher, explica, pergunta sobre seu gosto e sugere algum tipo.

Chope geladinho

Na parte de drinks, há opções clássicas como Moscow Mule, Mojito, Caipirinha, Gin Tônica e Cosmopolitan, e drinks autorais como o Hibiscus e o O Iluminado. Tem, também, o resgate de um clássico não tão popular por aqui: o New York Sour, drink com whisky e vinho. Sobre os clássicos que provamos, consideramos todos bem executados, gostosos, sem querer inventar onde não se deve mexer. Já sobre os drinks autorais, achamos os dois interessantes. O Hibiscus, com chá de hibisco, vodka, mel, suco de laranja e aperol é leve, refrescante, bem doce. O O Iluminado, com purê de damasco, cachaça, suco de laranja e gotas de pimenta é mais forte, deixa aquele ardor da pimenta no final, e é o mais divertido, servido em um frasco em formato de lâmpada.

O Iluminado e Hibiscus de fundo

New York Sour

Moscow Mule

Mojito

O atendimento é atencioso e simpático, os proprietários e garçons explicam o que quisermos saber acerca do cardápio, das cervejas e dos drinks. Como escrevi no início, o ambiente é descontraído, ideal para um happy hour com os amigos, com boa comida e variedade nos drinks e cervejas.

A casa tem alguns jogos de tabuleiro para emprestar para os clientes, mas não chegamos a ver quais eram as opções. No andar de cima, tem uma mesa de sinuca, de uso gratuito, para quem reservar ou para quem chegar primeiro, se não houver reserva.


Endereço: Rua Lauro Linhares, 1015, Trindade, Florianópolis/SC


Valores em nossa visita em agosto/2017:

Bolinho de feijoada – R$17,00 (8 unidades)
Bolinho de camarão – R$18,00 (8 unidades)
Galinha Fritadinha – R$15,00 (350g)
Coxa Creme – R$17,00 (4 unidades)
Hambúrguer de siri – R$26,00CoolBurger – R$24,00
Alegria no Palito – R$12,00
American Way- R$17,00
Yin Yang- R$16,00
Chope – R$10,00 (300ml) / R$14,00 (400ml)
Moscow Mule e New York Sour – R$18,00
Mojito – R$17,00
Hibiscus e O Iluminado – R$16,00

Cervejaria Devassa apresenta cardápio repaginado com opções individuais

A Cervejaria Devassa repaginou seu cardápio, e apresentou novas opções em uma noite de degustação e harmonização para jornalistas e influencers. Fomos conferir algumas dessas novas opções e mostramos aqui para vocês!

Já vale dizer que o cardápio apresenta mais porções individuais. Quem frequenta a casa sabe que no cardápio anterior as porções eram grandes, para grupos maiores. Agora cada um escolhe o que preferir, sem se preocupar em agradar o amigo rsrs.

Primeiro foi servido o Frangarinho, frango a passarinho com molho a base de melado, gengibre e tabasco. Nós não achamos muito picante, mas não sei se somos exatamente parâmetro para medir picância, já que gostamos bastante de molhos apimentados! Eu diria que pode ir sem medo, mesmo quem não é fã de pimenta. Foi harmonizado com o chope Loura, tropical lager leve e refrescante.

Porção de Frangarinho

Frangarinho com chope Loura

Em seguida foi apresentado o Casadinho, porção de croquetes de carne seca com aipim acompanhados de mostarda escura. A mostarda faz toda a diferença positiva para acrescentar um sabor mais forte! Foi harmonizado com chope Sarará, tipo Weiss, ou de trigo. Também é leve e refrescante, e foi nosso preferido da noite!

Porção de Casadinho

Casadinho com chope Sarará

Chope Sarará

Depois vieram as Tapioquesas, bastões de tapioca recheados com calabresa e queijo coalho, acompanhados de melado de cana. Fez um super sucesso na mesa! Achei o melado muito doce, mas harmonizou muito bem com o chope Ruiva servido, pale ale, encorpado e mais amargo, que quebrou bem o doce do melado.

Tapioquesas com chope Ruiva

Na sequência vieram as chapas quentes Bonitão e Lamparina e Gaúcho Chapadão. A Bonitão e Lamparina traz carne seca desfiada, puxada na cebola, pedaços de aipim frito, farofa especial, porção de feijão e manteiga de garrafa. A Gaúcho Chapadão traz fraldinha ou alcatra grelhada com chips de batata, acompanhada de farofa. Hummmm já salivei com essas carninhas! Essas porções servem bem duas pessoas, ou pelo menos pessoas gulosinhas como eu e o Marcos.

Gaúcho Chapadão

Por fim, mas não menos importante, veio o Mignon de amigos, tiras de mignon, cebola em cubos, cobertos com muçarela derretida e bacon, acompanhando pão de cerveja. Esse foi, aliás, o prato que mais quis provar quando li o cardápio! E não me decepcionei. Foi harmonizado com o chope Negra, dark ale, mais encorpado e cremoso.

Mignon de amigos

Fomos numa quinta-feira, dia que a Cervejaria Devassa tem karaokê. Gente, que coisa mais divertida! O pessoal se esbaldou cantando, pitaco para ir com os amigos para rir e se divertir!

O evento foi coordenado pela querida Giuliana Korzenowski, assessora de comunicação do Grupo Novo Brasil, e o cardápio foi apresentado pelo chef Helcio Souza.


Endereço: R. Bocaiúva, 2198 – Centro, Florianópolis – SC, 88015-530
Site: http://www.cervejariadevassa.com.br


Valores na nossa visita, em 30/03/2017:

Frangarinho – R$24,90
Casadinho – R$22,90
Tapioquesas – R$18,90
Bonitão e Lamparina – R$69,90
Gaúcho Chapadão – R$59,90
Mignon de Amigos – R$39,90
Chope Loura 500 ml – R$17,90
Chopes Ruiva e Negra 500ml – R$20,90
Chope Sarará 500 ml – R$23,90

Mr. Burton Gourmet Hot Dogs – cachorros quentes diferenciados

Mr. Burton é um restaurante que serve hot dog, ou cachorro quente, em Floripa. Mas não é qualquer hot dog, são dogs diferenciados, gourmet, com ingredientes inspirados na culinária ao redor do mundo.

Confere o vídeo abaixo, no qual mostramos a casa e os lanches:

A ideia surgiu a partir das viagens do aviador Mr. Burton, que viajou o mundo e trouxe um pouco do sabor de vários países para Floripa. Os cachorros quentes têm nomes de cidades, e os ingredientes de cada um remete à culinária daquela cidade ou país que representa, como vocês já vão ver nos dogs que provamos.

Para início dos trabalhos, a casa oferece como entradas Seleção de linguiças artesanais, Batata Rústica e Trio Burton Toast. A seleção de linguiças traz três tipos de linguiças, acompanhadas de molho dijon, molho barbecue com curry e pão ciabatta fatiado. São uma delícia, e mesmo os molhos sendo gostosos, preferi apreciá-las purinhas, pois são bem saborosas. Aliás, para quem quiser visitar a casa para fazer um happy hour, já vale pedir a seleção de linguiças e uns drinks! O Trio Burton Toast e a Batata Rústica não ficam para trás. O Trio traz três tipos de brusquetas, com cogumelos, linguiça blumenau e tomate e azeitona, e a Batata é temperada com alecrim e sal grosso, tudo bem saboroso.

Seleção de linguiças

Trio Burton Toast

Batata rústica

Agora vamos aos dogs!

O New York é servido no pão Burton, com molho secreto, molho barbecue, salsicha Viena, cebola caramelizada, molho barbecue com curry, queijo cheddar e bacon crocante. Super aprovado pelo casal, foi o preferido do Marcos.

O Paris é servido no pão baguete, com molho secreto, creme de queijo com ervas finas, salsicha de frango, cogumelos salteados, mix de queijos com gruyere e crocante de queijo. Nos lembrou muito de um prato francês que o Marcos costuma fazer em casa, de frango com ervas e foi o preferido da Joana.

Dogs Paris e New York

O Firenze é servido no pão ciabatta, com molho secreto, creme de queijo com manjericão, linguiça calabresa, mix italiano (tomate seco, cebola e azeitona) e mix de queijos derretidos. O Buenos Aires é servido no pão baguete, vem com molho secreto, molho chimichurri e crispy de cebola, linguiça calabresa, purê de batata, mix de queijos derretidos e crispy de cebola. Os dois tem uma composição gostosa, mas não nos agradou tanto em razão da salsicha calabresa, que não foi nossa preferida.

Dog Firenze

Tem ainda o Munique, com salsicha Bock e purê de batata, o Ciudad de México, com molho de pimenta, chilli picante, crocante de tortilla e guacamole, e o Mykonos, com salsicha de soja, cogumelos salteados e mix grego.

Pelas descrições dá para entender que cada cachorro quente remete à cozinha do país representado. Como falamos no início, é um dog diferenciado, bem longe do tradicional dog da esquina, vá preparado para sabores diferentes, muito bons!

São servidos como acompanhamentos Batata Frita, Onion Rings e Tortilla Chips, inclusive eles vendem o combo Dog + acompanhamento. Mas como optamos por entradas e dog, deixamos os acompanhamentos para uma próxima visita.

Além das entradas e dogs, também é interessante a carta de drinks. Não é longa, mas dois drinks valem a pedida! O bartender Lauro nos serviu um menu degustação dos drinks, com Cosmopolitan, Moscow Mule e Coronarita.

A princípio não pediríamos o Cosmopolitan, mas olha que gostamos, preparado com vodka, suco de cramberry, cointreau e finalizado com limão.

Cosmopolitan

Moscow Mule eu (Jo) nunca tinha provado… e virei fã! Um drink com inspiração russa, típico nos Estados Unidos, com vodka, xarope de gengibre, finalizado com espumante de gengibre e limão. Lembra uma caipirinha, mas mais docinha, acredito que por conta da espuma.

Moscow Mule

Por fim a Coronarita, inspirada também nos Estados Unidos, naqueles drinks enormes para várias pessoas. Mas esse é um pouco menor, para até duas pessoas, leva cointreau, suco de limão e tequila, uma garrafa de corona e finalizado com caramelo de limão. Gostamos bastante, só não é recomendado para quem está de estômago vazio rsrsrs.

Coronarita

Para quem não curte muito drinks, tem também aquele chopinho gelado da Brahma.

Chope

O ambiente é agradável e bem descontraído, decorado com motivos de viagens.


Endereço: Avenida Madre Benvenuta, 1074 – Santa Monica, Florianópolis – SC
Site: http://mrburton.com.br


Valores na nossa visita em março/2017:

Seleção de linguiças artesanais – R$34,90
Trio Burton Toast – R$12,90
Batata Rústica – R$12,90
Hot dog New York – R$21,90
Hot dog Paris – R$20,90
Hot dog Buenos Aires – R$20,90
Combo dog + acompanhamento – acrescenta R$4,50
Cosmopolitan – R$17,90
Moscow Mule – R$19,50
Coronarita – R$34,90
Chope – R$9,90

.

Esta não é uma postagem publicitária/patrocinada. Fomos a convite da casa conhecer os itens do cardápio e as opiniões são do casal.

St. Patrick’s Day na Grande Florianópolis

Esse fim de semana participamos de um evento de comemoração a São Patrício, St. Patrick’s Day, na Grande Florianópolis, e deixamos aqui nossas impressões, para você avaliar se quer ir na próxima edição.

DCIM103GOPRO

St. Patrick, ou São Patrício, é o santo padroeiro da Irlanda. Seu dia, 17 de março, é celebrado nos países de língua inglesa, com o povo se vestindo de verde e bebendo muito chope.

Aqui na Grande Florianopolis, mais especificamente no Passeio da Pedra Branca, em Palhoça, foi organizado por um pub local um evento de rua em comemoração à St. Patrick. A proposta foi um evento com food trucks, música (rock e música celta) e diversas barraquinhas de chope.

O horário do evento foi das 12h às 19h.

Chegamos por volta de 15h30 e ficamos lá até 17h30, e estava super cheio, muitos carros em volta do passeio e muita gente andando por ali, um sucesso. Fomos vestidos de verde, para ir no clima da festa, assim como tantos outros participantes!

Havia barraquinhas de diversas cervejarias locais, alguns food trucks e dois espaços para apresentações musicais. Tinha também um carrinho chamado “barcicleta” no qual 12 pessoas iam pedalando e bebendo cerveja (atrás de nós na foto abaixo).

DCIM103GOPRO

O valor do chope era R$10,00 em todas as barracas, valor justo, considerando que eram cervejas/chopes artesanais, de 500ml (alguns especiais eram o mesmo valor para 300ml). Em qualquer barzinho é quase isso para um chope normal de 300ml. Poderia ser pago diretamente na barraca, em dinheiro, ou, para quem fosse pagar no cartão, havia uma barraca para compra de fichas.

No horário em que chegamos, tudo estava funcionando tranquilamente. As filas eram grandes em todos os estandes, mas fluíam, pelo menos para as cervejas. No tempo em que ficamos lá (em torno de 2 horas) enfrentamos a fila 3 vezes, em diferentes barracas. Estávamos aproveitando o evento, andamos bastante pelo passeio para ver tudo, e estávamos cientes de que haveria fila.

Tomamos chope pilsen, ale e cerveja preta. Tudo muito bom! Bem, não estavam muito geladas como gostamos, mas o sabor era bom. Ahhh procuramos por tudo, mas não encontramos a cerveja verde anunciada na página do evento, não sabemos se acabou antes de chegarmos, ou se simplesmente não teve.

DCIM103GOPRO

Não fomos nas barraquinhas de comida, então também não sabemos os valores dos lanches. As filas eram grandes, e optamos por não enfrentá-las. Sabemos que quando acontece um evento assim “diferente” em Florianópolis, a procura é grande e as filas são enormes, estávamos tranquilos em relação a isso, e não queremos entrar aqui no debate da “gourmetização” da comida de rua etc.

No evento criado no Facebook, lemos muitas reclamações sobre as filas. Realmente, eram grandes, mas poxa, foi um evento diferente, houve muita procura. Os organizadores se propuseram a promover um evento diferente, os cervejeiros locais foram aproveitar para expor, vender e divulgar suas marcas, alguns food trucks participaram… e vi tantos comentários amargurados, alguns cheios de raiva porque “os organizadores não entendem nada sobre marketing”, porque “não consegui comer”, porque “não consegui beber”. Como falei, ficamos na fila da cerveja 3 vezes em 2 horas, e poderíamos ter tomado muito mais se quiséssemos, mas estávamos andando em volta, curtindo…

Não sabemos quais eram as bandas, mas gostamos das que vimos, boa música, bons músicos!

O comércio fixo do passeio estava aberto ao público, e também estava bombando. Vimos as lojas cheias, até li no instagram que na lojinha de brigadeiros estavam enrolando os docinhos na hora, pois acabaram os que estavam prontos!

Por volta das 17h vimos que a maioria dos food trucks haviam encerrado as atividades, e as barracas de cerveja também começaram a fechar, foi quando pegamos nosso último chope!

DCIM103GOPRO

Bem, aqui os revoltados vão dizer que se era até as 19h, tinha que ter comida e bebida até as 19h. Mas né… o evento começou ao meio dia e muitas barracas eram de pequenos negócios, de fato sem experiência em grandes eventos.

Quando perguntamos em uma barraca de cerveja se valia a pena esperarmos na fila, se o chope estava terminando, um funcionário nos falou que os copos de 500ml estavam terminando, e passariam a servir em copos de 300ml, pelo mesmo valor. Aí não concordamos! Fecha, vai no mercado comprar copo ou, no mínimo, baixa o valor. Saber quantas pessoas vão consumir é díficil, mas podem calcular o número de copos conforme a quantidade de barris. De qualquer forma, algumas pessoas estavam com seus próprios canecos, fica como dica para as próximas edições.

Havia banheiros móveis, até com pia para lavar as mãos. O que mais sentimos falta foi de lixeiras (para os organizadores do evento ou do Passeio, fica a nossa sugestão para o próximo evento: mais lixeiras).

DCIM103GOPRO

Enfim, fomos em casal, mais os pais da Jo, encontramos amigos, vimos muitos jovens, muitas famílias, muitas crianças. Mesmo que tenham usado o nome “St. Patrick’s Day” apenas para lucrar, foi um evento divertido, bem bacana para aproveitar o domingo em família ou com os amigos e ainda degustar cervejas locais, de ótima qualidade! Parabéns aos organizadores pela iniciativa! Ah, se Florianópolis tivesse mais eventos… de diversos tipos, em vários lugares. Uns lucram, outros se divertem saindo de casa… e assim passamos mais um domingo!

Para não ter interpretações erradas, não recebemos nada para fazer essa postagem, não ganhamos nada no evento, pagamos o que consumimos, enfrentamos as filas. Estamos apenas relatando nossa experiência de festa de St. Patrick’s Day no Brasil e deixando nosso pitaco para cada um analisar prós e contras desse tipo de evento na Grande Florianópolis.