A típica pizza italiana na Carbone Pizzeria

Recentemente, em junho de 2018, inaugurou em Florianópolis, a Carbone Pizzeria, localizada no SC401 Square Corporate, amplo complexo de escritórios localizado na SC401, que também abarca um centro gastronômico com opções para todos os gostos.

Um dos restaurantes lá localizados, é a Carbone Pizzeria, que fica bem na entrada do complexo, entre os dois prédios de escritórios. O espaço da Carbone é muito charmoso e conta com mesas, mesa compartilhada e um lounge com sofás. Perfeito para todos os tipos de ocasião: jantar em família, reunião de negócios, happy hour com amigos, encontro romântico…

Bem no centro do restaurante, podemos ver as pizzas sendo preparadas em uma ilha onde ficam os pizzaiolos.

Lounge Carbone

Carbone Pizzeria

Começamos nossa noite com a Burrata Parma, que traz a burrata servida com tomate seco, presunto de parma, azeite extra virgem e molho pesto. É uma entrada refrescante, a burrata estava bem cremosa e compôs muito bem com os demais ingredientes, servidos separados no prato. Só achamos que faltou um pãozinho para acompanhar, mesmo assim pediríamos novamente.

Burrata Parma

O carro-chefe da casa, claro, são as pizzas, preparadas no estilo italiano, com massa fina e crocante, e ingredientes frescos e selecionados.

Quisemos prova a Pizza Speciale com borda vulcão (com queijo), que está disponível apenas nos sabores Carbone e Monti. Todas as demais pizzas (italianas e tradicionais) podem ser pedidas em dois tamanhos (individual ou grande com 8 fatias), e com até 2 sabores na pizza grande. Já as pizzas especiais com a borda vulcão só vêm no tamanho grande e em somente 1 sabor. Mas como nós queríamos muuuito provar as duas para podermos falar aqui, eles toparam fazer a speciale metade Carbone e metade Monti.

A Carbone leva molho pelati, mozzarella de búfala, blumenao, pimentão, parma, queijo brie e orégano. Gostamos muito! Inclusive, não somos muito fãs de pimentão, mas o gosto é bem sutil, não se sobressaiu no paladar.

A Monti leva molho pelati, mozzarella, presunto cozido, funghi paris, carciofi e orégano. Para quem não entende italiano, carciofi é alcachofra, que, por sinal, caiu muito bem nessa pizza.

Os dois sabores fizeram sucesso por aqui. A pizza tem a massa fininha, do jeito que gostamos, e é bem generosa na cobertura (ou recheio). Os vulcãos na borda são recheados com queijo, muito gostosos, mas acabamos achando enjoativo comer mais de um. Mas para quem gosta de quanto mais queijo melhor, é uma ótima pedida!

Pizza Speciale

Para finalizar, pedimos a Panna Cotta Carbone e um Gelato Italiano, ambos servidos em taças. A Panna Cotta é tradicional, com creme de leite e baunilha, servida com calda de frutas. Bem doce, ideal para quem gosta de saborear uma sobremesa docinha e cremosa. O Marcos que sempre opta por sobremesas com chocolate, escolheu o Gelato italiano artesanal de chocolate, que gostou bastante.

Panna Cotta e Gelato Italiano

A casa conta com uma extensa carta de vinhos, mas dessa vez quisemos provar alguns drinks do cardápio, que apresenta alguns drinks clássicos e alguns autorais. O Carbone é o drink da casa, vale provar para ter o gostinho especialmente montado para a pizzeria. É um drink frutado, doce e refrescante.

Foto drinks

O espaço é bem aconchegante, com música ambiente em volume que não atrapalha a conversa, nossa experiência foi muito agradável.


ENDEREÇO
Rod. José Carlos Daux, 5500, Loja 21 – Square Corporate Park – Florianópolis – SC


Valores na nossa visita em setembro/2018:

Burrata parma – R$55
Pizza Speciale Carbone – R$76
Pizza Speciale Monti – R$74
Panna Cotta Carbone – R$19
Gelato Italiano – R$16
Drinks – R$25 a 32

 

Anúncios

Tomato Cucina e Vino é restaurante italiano com personalidade, na Lagoa da Conceição

Durante muitos anos, o Café Cultura ocupou o mesmo espaço no centrinho da Lagoa da Conceição. Recentemente, mudou de endereço, para dar forma à loja conceito da cafeteria, e o antigo ambiente ficou à disposição para um novo projeto dos fundadores da empresa Luciana Melo e Joshua Stevens: o Tomato Cucina e Vino.

O Tomato Cucina e Vino é uma releitura moderna de uma cantina italiana. Com um ambiente bem descontraído, recebe de braços abertos quem quer comer uma comida especial, que aquece o coração. A proposta da casa é de oferecer pratos que resgatam a memória afetiva, com receitas tradicionais italianas e alguns toques mais contemporâneos.

Começamos nossa experiência com uma entrada que traduz muito o espírito do Tomato: Burrata e pesce crudo, que une a tradicional burrata com molho pesto, com peixe cru e tangerina. A burrata é cremosa e o prato é composto ainda de peixe cru (peixe do dia), pimenta e azeite, gomos de tangerina, pesto e balsâmico. É uma entrada fria, refrescante e bem interessante, trazendo a cremosidade do queijo, o frescor do peixe cru e o cítrico e adocicado da tangerina. Gostamos bastante dessa combinação, leve e saborosa.

Burrata e pesce crudo

O restaurante trabalha com massas artesanais frescas, com produção própria do ravioli, tortellini e gnocchi. Optamos por provar os tão bem falados gnocchis, e escolhemos o Gnocchi e gamberetti e o Gnocchi di formaggio e entrecot.

Os gnocchi, de massa bem levinha, preparada com pouca farinha, foram servidos na frigideira, que garante, além da bela apresentação, que o prato fique quentinho por mais tempo.

O Gnocchi e gamberetti é gnocchi de batata ao molho de tomate artesanal e camarões salteados. O prato é uma delícia, achei o molho de tomate leve e fresco, para mim deu a alma ao prato.

O Gnocchi di formaggio e entrecot é com gnocchi também de batata, ao molho de grana padano, entrecot grelhado na manteiga e salda da carne. O gnocchi, como falei, tem a massa bem levinha, mas esse já é um prato mais consistente, em razão do molho de queijo combinado com o molho da carne. O queijo deixou o molho bem cremoso, do jeito que gostamos! E a carne muito saborosa, macia, servida ao ponto, como pedimos.

Gnocchi e gamberetti

Gnocchi di formaggio e entrecot

Para fechar a janta, pedimos o Canolli de ricotta e a Mousse al cioccolato. O canoli é recheado com ricota doce, servido com sorvete da casa e castanhas. É uma sobremesa leve e não muito doce. A Mousse de chocolate vem servida num potinho, com geleia de frutas vermelhas por cima. Leve, com gosto marcante de chocolate, é a opção ideal para o paladar que pede doces mais doces.

Canolli de ricotta

Mousse al cioccolato

Para acompanhar o menu, a casa tem à disposição dos clientes uma carta de vinhos e espumantes com cerca de 50 rótulos nacionais e importados, selecionados pela Decanter, parceira do Tomato.

Nossa janta foi regada a vinhos oferecidos pela Decanter e pela Essen Vinhos. Começamos brindando com o espumante Hermann Bossa n. 2, demi-sec, já que a vontade era começar com um vinho mais leve e adocicado.

A harmonização com os pratos principais foi com o vinho Rocca delle Macie Vernaiolo, um Chianti muito fácil de beber.

Vale dizer que o Tomato também oferece vinhos em taças, a partir de R$9, ótimo custo-benefício para quem quer beber apenas uma ou duas taças.

es

Rocca delle Macie Vernaiolo Chianti

O ambiente foi projetado pela arquiteta Júlia da Rocha e uma obra da artista plástica e ilustradora Paula Plim foi pintada diretamente na parede principal do restaurante, trazendo alegria ao ambiente.

Tomato Cucina e Vino


Tomato Cucina e Vino
Endereço: Rua Manoel Severino de Oliveira, 680, Lagoa da Conceição
Horário: de terça-feira a sábado, das 18h às 23h; e domingo das 11h às 15h


Valores na nossa visita em agosto/2018:

Burrata e pesce crudo – R$42
Gnocchi e gamberetti – R$52
Gnocchi di formaggio e entrecot – R$58
Canolli de ricota – R$24
Mousse al cioccolato – R$24